27.6.06

O QUE É EDUCAÇÃO?Marcelino RodriguezTenho andado por ai, nessas margens e esquinas que nos leva a vida de literato que vive em países periféricos estudando atentamente as razões e desatinos das gentes. Assombra-me a falta de senso dos mais elementares mesmo nos supostos formados nas melhores universidades, porque a ignorância mascarada com algum saber é a pior que existe. Então seria bom, como a maioria das gentes não quer mesmo fazer esforço, definir o que é educação. Uma vez que tenho encontrado gente muito pouco distinta ou seja porque são desagradáveis no tato, ou seja porque embora falem efetivamente palavras bonitas ou pérolas filosóficas, na verdade não estão nem aí para o país ou para seus semelhantes. Ou seja, inúteis e feios pavões.Lembro-me que quando era menino mais pequeno havia um programa na rádio que dizia assim com uma música sonora ao fundo “ quem não vive para servir, não serve para viver”.Essa metáfora creio que ficou quase que como uma religião inconsciente na minha pessoa. Julgo uma pessoa por sua utilidade social. Não a utilidade que ela tenha por si própria e pense que é o bastante para o corpo social. Ou seja, a professora que dá sua aula burocrática , ganha seu salário e pensa que serve a nação, ou os advogados do direito torto, ou os intelectuais pedantes a quem falta o Dom de saber que vivemos todos num planeta doente e que a única grandeza que há aqui é reconhecermos nossa própria miséria e incompetência.Andei fazendo uns estudos sobre a riqueza. A coisa mais difícil de criar é a escassez, uma vez que o principio regulador da natureza é a abundância. Os humanos conseguem isso. Notadamente nos países do capitalismo periférico, a irresponsabilidade social das gentes chega ao descalabro, daí que vemos crianças catando lixos as vistas das janelas gradeadas de condomínios luxuosos. As pessoas em geral gastam com futilidades, mas passam por cima dos necessitados com uma indiferença que beira a demencia; ou seja, não se distribui nem se retribui renda.O raciocino é individualista , primitivo, bisonho.Ninguém quer dar nada.As pessoas exigem de si o mínimo e se pensam o máximo.Não apoiam as boas iniciativas de seus semelhantes, com isso quebram a economia (que funciona como no efeito dominó) e agindo de formam irresponsável e corrupta, gritam que o governo é o culpado.O Diabo chupa manga nos países periféricos.Os professores escondem o que sabem.Falta vontade, falta disciplina, falta honra.Os homicidas inocentes vivem nos fóruns e academias com “reputações ilibadas”.Cada religião tem um Deus.Faz-se comércio da terra, da água, do fogo e do ar, mas ninguém passa bem.Os abutres se fartam na estupidez. A mesa dos tolos é tão farta quanto a dos ladrões ricos, porque os ladrões pobres morrem em sistemas prisionais hediondos.Por isso, nessa quadra da vida, em que não me iludo mais de achar santos ou honestos na terra ( salvo as honrosas excessões de dois por cento), sobretudo nos países periféricos e irresponsáveis ( todo homem é um suspeito em potencial ) resolvi dedicar-me a escrever minhas piadinhas de humor negro e que se lixe a “ignoranssa. “ Não vou gastar meu latim com quem não me paga.Ia esquecendo de dizer: “educação é bondade”. Quem não é bom, pode ser o que for aos olhos do mundo, mas diante da vida não passa de um patife.Então procure ver a quem Senhor serve seu Irmão.” Quem não vive pra servir, não serve pra viver.”Antes que me perguntem o que são países periféricos, digo que são todos aqueles em que os cidadãos podem chegar a miséria absoluta sem que seus cidadãos se importem.

5 comentários:

Marcelino Rodriguez disse...

Testando.

fairyfromvalhala disse...

Oi!
Prefiro deixar meu link aqui do que no orkut, se é que isso faz alguma diferenca ainda. www.fairyfromvalhala.blogspot.com
Beijos

fairyfromvalhala disse...

Oi!
Prefiro deixar meu link aqui do que no orkut, se é que isso faz alguma diferenca ainda. www.fairyfromvalhala.blogspot.com
Beijos

Carolina Luiza Chamas disse...

Acabei de ler, e estou besta, magnifico!!!
e eu concordo plenamente com vc, com tudo o que disse... quer dizer, quase tudo..
só não sou a favor da religião, eu acho q muitos se tornam ignorantes, eu acho pregam a biblia de maneira erronea..
certas religiões são...
bom.. deixa para lá..
meus parabéns querido!!!

Tânia Mara disse...

Mais um texto sensacional.Ainda não li todos, pois gosto de ler saboreando o pensamento do autor.Parabéns a este que refere-se a Educação.Parabéns também aos anteriores.Abraços carinhosos.